Bedding – Roupinha de Cama para o Bebê

Screen Shot 2018-06-22 at 22.41.47

Vamos falar agora sobre as compras das roupinhas de cama do bebê? Seguem abaixo os itens que eu comprei e usei:

  1. Colchão / mattress
  2. Protetor de colchão / waterproof mattress pads – 2 unidades
  3. Lençol com elástico / fitted crib sheet – 4 unidades
  4. Pano para fazer o charutinho / Swaddles – 4 unidades
  5. Saco de dormir / Sleepsack – 2 unidades
  6. Protetor de grades de berço / cribb bumpers – 2 unidades*
  7. Manta e cobertores para o bebê / Baby blankets – 4 unidades*
  8. Travesseirinho para evitar o achatamento craniano / Flat-head pillow*

As Associações de Pediatria do Brasil e dos US recomendam um colchão firme, coberto por um lençol que não fique solto, por isso a melhor opção é comprar lençois de elástico específicos para as medidas do colchão que você comprou. Por exemplo, já mencionei anteriormente que eu acabei tendo um bassinet, um berço de viagem e o berço padrão no quarto do Henry. Eu comprei lençois de elástico específicos para o tipo de colchão de cada um dos 3 tipos de berço que o Henry usou.

Eles também recomendam não ter NADA no berço além  do lençol para evitar o risco de sufocamento. Nada de travesseirinho, bonequinho, almofadinha… Mas, então você me pergunta, por que na sua lista têm protetor de grade de berço, manta e cobertores e travesseirinho (os itens com um *)??? Calma que eu explico um por um:

Cribb Bumpers: Na verdade, o bumper nem estava na minha lista. Mas quando o Henry passou a dormir no berço ele começou a acordar no meio da noite chorando porque ao mudar de posição ele metia a cabeça com força na parede do berço. Aí ele acordava chorando, assustado e levava horas para voltar a dormir. Bem, apesar de não ser recomendado o uso do baby bumper, por outro lado, existe a recomendação que o bebê durma X horas por dia, que é importante para o desenvolvimento dele, blábláblá.. E fora que é importante para a gente que cuida do bebê dormir também. Então, testei colocar o baby bumpers por algumas noites e deu deu certo. A choradeira no meio da noite por causa de pancada na cabeça na madeira do berço acabou e todo mundo ficou feliz. Sim, é um risco, eu fiquei preocupada e para contornar o problema, eu coloquei um monitor de movimentos no berço (falarei sobre isso mais tarde no post de segurança do bebê). Esta foi a solução que EU encontrei aqui em casa. Usamos o baby bumper até o Henry fazer 1 ano de idade e depois não achamos que teria a necessidade de usá-lo mais. Comprei os meus na Pottery & Barns, lindos e super fáceis de lavar.

Screen Shot 2018-06-24 at 22.01.32

Manta e Cobertores para o bebê: Nunca utilizei para dormir de noite, mas usei e muito para sair com bebê ou na hora das sonequinhas. Minha sogra fez à mão 2 cobertores para ele, de tricô e usei para ninar, amamentar e protegê-lo nos passeios, nos dias mais frios. Também comprei uns lençois bem fininhos que usei para proteger-lo de luz, de vento, para amamentar. Os que eu comprei, eu adquiri na Carter´s.

Screen Shot 2018-06-24 at 22.08.04

Travesseirinho: O bebê recèm nascido fica muito tempo sentado ou deitado, e na maioria das vezes apoiado em um colchão duro ou no car seat. A cabeça do bebê é muito molinha e ficar muito tempo apoiado em um lugar duro pode sim dar problema no formatinho da cabecinha do bebê. Se o bebê não está dormindo sem ser supervisionado, eu não vejo problema em ele usar um travessirinho específico para evitar este tipo de problema. O travesseirinho pode ser usado enquanto ele está no car seat, no bouncer, no rock n play, no gym play, passeando no bassinet, mas é importante tirar o travessiro quando ele for dormir, principalmente à noite, ou em alguma hora que você sabe que vai aproveitar a soneca dele para relaxar ou fazer alguma coisa que não vai ter um adulto ali atento ao bebê. Tem vários travesseirinhos específicos para recèm-nascidos na Amazon.

Este é mais um item que causa polêmica, estou colocando a minha opinião e minha experiência. Siga sempre a sua intuição. No meu caso, a minha intuição dizia para eu comprar o travesseirinho, mas eu não comprei por causa das recomendações de não ter nada no berço em função dos riscos de sufocamento, mas eu posteriormente me arrependi de não ter inserido este item na lista de enxoval. O meu filho nasceu com um torcicolo e ele sentia dor quando virava a cabecinha para um dos lados. Descobri isso quando ele já estava com 1 mês de vida e se eu tivesse usado o travesseirinho ele não teria ficado com um dos lados da cabeça achatadinho. Resolvemos o problema com fisioterapia, mas foi muito stressante e poderia ter sido evitado. Essa é a minha história e, se eu tiver outro filho eu usaria, da maneira que eu falei acima: quando ele não estivesse supervionado eu tiraria o travesseiro.

Saco de Dormir: Na verdade, o saco de dormir não estava na minha lista de enxoval de bebê, mas acabei comprando quando o Henry estava com umas 3 semanas. O que aconteceu foi que o Henry odiava ficar enrolado no charutinho, ele queria os bracinhos dele soltos, ao contrário da maioria dos bebês. Eu tentei fazer o charutinho deixando os bracinhos dele livres, mas o paninho do charutinho ficava frouxo, o que de novo, pode levar ao risco de sufocamento. Então conversando sobre isso com uma amiga, ela me falou que a bebezinha dela fazia a mesma coisa, queria deixar os bracinhos livres, e ela me recomendou usar esse saco de dormir, que tem a opção de você deixar os bracinhos do bebê para dentro ou para fora e de qualquer maneira não deixa ele se virar de bruços. Usei até os 6 meses de idade e, quando o Henry começou a querer dormir de bruços, eu passei a usar a versão com os pezinhos para fora, para dar liberdade de ele se movimentar e mudar de posição.

Screen Shot 2018-06-24 at 22.24.42

O que eu comprei e não recomendo:

Uma coisa que eu gastei uma grana e eu não usei foi o tal do cribb set, que vem com o bumper, a saia do berço e o cobertor. É lindo, tirei foto, mas no final não usei. A saia do berço é um saco, sai do lugar toda vez que você vai trocar o lençol, é um saco também tirar pra lavar e colocar direitinho de volta no lugar. E o cobertor é pesado e eu nunca quis usar aquilo no meu bebê. Só usei o bumper, como mencionei anteriormente, mas eu poderia ter comprado separadamente.

Screen Shot 2018-06-24 at 22.01.52

Comprei e não usei a saia do berço, nem este cobertor mais grosso que enfeita o berço.

No próximo post, mais um capítulo sobre compras de enxoval do bebê: vou falar sobre a compra dos itens de alimentação do bebê.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close