O Quarto do Bebê – post 1

Eu recomendo começar as compras para receber o bebê pelo assunto quarto por ser onde gastamos mais dinheiro e por requerer mais planejamento e tempo: tem o prazo de entrega dos móveis, às vezes tem que fazer reforma na casa, muitas pessoas acabam se mudando, tendo que buscar um novo contrato de aluguel ou adquirir um apartamento maior.

Minha sugestão é começar a pensar no assunto o quanto antes e começar a execução do planejamento do quartinho no início do segundo trimestre, no quarto mês de gestação, quando o período de maior risco para a gravidez já passou, mas você ainda pode aproveitar os próximos 5 meses para arrumar tudo direitinho.

O primeiro passo é buscar inspiração em revistas de arquitetura, Instagram ou Pinterest, pois tem cada decoração para bebê tão linda… Mas a gente só tem que tomar cuidado para não ficar sonhando alto demais, nem cair na tentação do consumismo, gastando mais do que pode ou ficando frustrada por questões de limitações orçamentárias ou físicas.  Lembre-se que não faz a menor diferença na vida do bebê ter um quarto feito por uma arquiteta ou designer de nome, ou simplesmente dormir em um cantinho no quarto dos papais. As associações de pediatras tanto no Brasil como nos USA recomendam que o bebê tenha companhia para dormir durante pelo menos os 6 primeiros meses de vida, ou seja, não há problema nenhum em simplesmente colocar um bercinho ou moisés no quarto dos pais e deixar o projeto do quarto do bebê mais para a frente. O que o recém nascido quer é estar perto da mamãe dele e se sentir amparado e protegido, seja pela mãe ou por uma das pessoas de sua rede de apoio. É muito importante que você monte o quarto de seu bebê dentro da sua realidade e não permitir que campanhas de marketing gerem frustrações ou compras por impulso desnecessárias.

Quando engravidei morávamos em um apartamento de 2 quartos e não seria financeiramente viável romper o contrato de aluguel para se mudar antes do bebê chegar. Teríamos que ter um pouco de paciência, pois o bebê já estaria com 6 meses quando o contrato terminasse e então pudéssemos nos mudar. Até pensamos em desmontar o quarto de hóspedes para fazer o quarto do neném, mas como os avós iriam vir para nos ajudar nos primeiros meses de vida do bebê, não faria o menor sentido não ter um lugar para recebê-los. Decidimos então escolher o mobiliário do quarto do bebê e inicialmente comprar apenas a cômoda e o armário, para ter onde guardar as coisinhas do bebê. Deixamos estes 2 móveis no quarto de hóspedes, que era bem grande e teria espaço suficiente para acomodá-los e só depois que nos mudamos para uma casa maior é que compramos o berço  e montamos o quarto do neném. Nos 6 primeiros meses o Henry não teve quarto e  dormiu em um bercinho no nosso quarto ao lado de nossa cama.

Eu queria fazer o quarto do meu filho bem simples e na cor cinza. Além de escolher um tema, é super importante pensar desde o início em na cor predominante do quarto, pois a partir daí você pode começar a olhar os móveis e decoração. Seguem algumas das inspirações que eu peguei no Instagram:

E seguem também algumas fotos de bercinhos no quarto dos papais:

No próximo post eu vou começar a falar sobre os móveis do quarto do bebê.

Um comentário em “O Quarto do Bebê – post 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close