Tentando Fazer Reconhecimento de Área

Na eminência de acabar o departamento todo, Mark começou a fazer o dever de casa dele e procurar um novo cargo na organização. Depois de algum tempo ele me falou: “Tudo indica que vão me mandar para os Estados Unidos, mais precisamente Houston”.

Vou te falar que nesse momento me deu aquele alívio! Estados Unidos tem uma cultura bem parecida com a nossa, é um lugar seguro, com excelentes oportunidades de trabalho para mim, e é um país que eu já tinha visitado algumas vezes. Já tinha ficado 2 semanas em Houston para um treinamento, além de ter viajado de férias para New York, Atlanta, Oahu, no Hawaii, e ter feito uma viagem de carro pela Pensilvanya e Vermont. Além disso é perto de casa: parece engraçado falar isso, mas quando você pensa globalmente os Estados Unidos é bem pertinho do Brasil. Em um vôo de 9 horas você está no Rio de Janeiro, bem diferente do que se você estiver um Kuala Lumpur e tiver que fazer uma viagem de emergência para visitar algum membro da família. Ainda por cima, meus pais têm vários amigos em Houston e costumam visitá-los uma vez por ano, então também já sabia que eles estariam frequentemente visitando a gente.

Mark ia fazer um treinamento de 2 semanas em Houston no final de setembro e resolvemos aproveitar a oportunidade para se preparar para a mudança. Consegui negociar uns dias livres no trabalho e fui encontrá-lo em Houston.

Coincidentemente cheguei quando fazíamos 1 ano de namoro. Resolvemos aproveitar para celebrar a data. Ficamos hospedados uma noite no Hotel Zazá, um hotel maravilhoso, incrível e fomos jantar no restaurante japonês Uchi, que aliás eu recomendo fortemente. Como o restaurante era próximo ao hotel, pudemos usar o shuttle (transporte do hotel). Foi o meu primeiro choque cultural. Veio um caro da GMC gigante com um a cabeça de um boi com chifres enormes na frente. Sim, welcome to Texas, esse é o clima!

Passado o fim de semana de celebrações, arregaçamos as mangas e iniciamos os trabalhos. Apesar de a empresa fornecer toda uma equipe para te dar suporte na mudança, eu deixei o Mark liderar o processo, já que ele já tinha a experiência de uma expatriação. E ele aconselhou a gente sempre estar um passo à frente e fazer as coisas por conta própria se quisermos ter a nossa vida resolvida o quanto antes.

Um amigo nosso local nos recomendou um realtor (corretor de imóveis). Marcamos um encontro com ele e ele foi maravilhoso! Foi nos buscar em um carrão, um Mercedes sei lá que modelo era, só sei que era muito bonito e nos levou para conhecer TUDO de Houston. Nos levou em vários bairros, explicou um pouco sobre cada um  deles (escolas, nível social, proximidade do trabalho, trânsito, o que tem para fazer na área) e nos deu uma ideia de preços de alugueis. Combinamos que assim que tivéssemos a data de mudança iríamos refletir sobre quais seriam as nossas áreas de interesse e  contactá-lo de novo para ele nos mostrar o que estaria disponível na época.

Também aproveitamos para checar as concessionárias. Em Houston você TEM que ter carro, não tem como fazer nada à pé. Já sabíamos que teríamos que chegar e de cara já comprar dois carros, um pra cada um. Visitamos umas 4 concessionárias para ver o que eles tinham disponível no mercado, quais eram as faixas de preço e qual seria o esquema de financiamento, uma vez que éramos estrangeiros, estaríamos chegando no país sem nenhum histórico de crédito. E claro que aproveitamos para nos divertir também. Nesta de estar procurando concessionárias. passamos em frente à Ferrari e fomos lá dar uma olhadinha nos carros. Muito sem noção a gente… rsrsrs.

Também aproveitei o meu tempo em Houston para fazer network, encontrar alguns colegas de trabaho e falar da minha possível mudança para a cidade e começar a discutir possibilidades de emprego. Também marquei umas reuniões com o time de Finanças, já que eu estava lá, aproveitei para fazer um face-to-face e trocar melhores práticas com o time.

Eu também encontrei com uma amiga minha que estava morando em Houston na mesma situação que eu iria: ela era casada com um ex-colega de trabalho meu, que foi transferido pra lá e aproveitei para aprender um pouco com a experiência dela. Eu acho que quanto mais você puder falar com gente que possa te ajudar, compartilhar a experiência ou dar dicas melhor é.

No nosso último dia de viagem, Mark tinha uma reunião com a diretora regional da área dele. Era nessa reunião que ele esperava obter a confirmação do próximo cargo que ele iria ocupar. Ele saiu da reunião com a confirmação do cargo, entretanto, não era o cargo que ele imaginava. A diretora informou que necessitava dele para um outro cargo, ainda nos Estados Unidos, mas em New Orleans. Foi uma mistura de alívio, por saber que ainda estávamos sendo alocados nos Estados Unidos, mas ao mesmo tempo de frustração, por todo o trabalho que fizemos de reconhecimento da área em Houston e por termos perdido a oportidade de conhecer a cidade em que iriamos morar. Voltamos para o Brasil sem conhecer New Orleans e nem teríamos tempo nem dinheiro para voltar e conhecer a cidade antes nos mudarmos de vez para lá. Confesso que voltamos para o Brasil um pouco desorientados…

Bom, pelo menos, por sorte eu trabalhava virtualmente com o time de Finanças em New Orleans e apesar de não ter tido a oportunidade de ter encontrado com eles pessoalmente, eles conheciam o meu trabalho e eu tinha intimidade o suficiente para pedir ajuda em uma realocação profissional e também em pedir dicas sobre a cidade.

Voltamos para o Brasil em outubro e nossa mudança já seria em janeiro. Tinhamos uma maratona de 2 meses e meio pela frente…

 

Screen Shot 2018-09-03 at 16.22.25

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close